EcoSport Club

Fórum de discussões sobre o Ford EcoSport


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

GNV na ecosport 1.6 zetec vale a pena?

Ir à página : Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 2 de 2]

#1
 kentakk

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium
Relembrando a primeira mensagem :

Hoje vi uma XLT 1.6 com gas natural na rua, sera que é viavel pois o gas esta tao caro. Alem do que omotor ja eh meio fraco com gas entao...
Na 2.0 talvez seria bom negocio.


#26
 renan.rj21

avatar
Membro Gold
Membro Gold
Edmarceneiro escreveu:
felicio.otero escreveu:Renan, vi que vc tmb é do RJ.
Por aqui não vale mais a pena abastecer com gasolina não?

Abraços.

Vou responder por mim, mas deve ser o caso do Renan também, apesar de não valer apena pois aqui o alcool tá 2,40 e gasolina 2,70 o carro no alcool fica muito melhor , mais solto , mais potente, já na gasolina nem parece ser 1.6 !!!

Att, Edson.

2x rs

Entao ... complementando, o meu carro faz uma media de 7.5 no alcool e 9.5 na gasolina entao prefiro rodar com Etanol mesmo o mesmo estando " caro " ... fora que a Eco rodando 100% no alcool fica ANIMAL, anda muito bem !

#27
 Edmarceneiro


Membro Pro
Membro Pro

2x rs

Entao ... complementando, o meu carro faz uma media de 7.5 no alcool e 9.5 na gasolina entao prefiro rodar com Etanol mesmo o mesmo estando " caro " ... fora que a Eco rodando 100% no alcool fica ANIMAL, anda muito bem ![/quote]

O que você quis dizer com "2x rs" ? E 7,5 e 9,5 tá bem econômica a minha na cidade o normal é 6,5 a 7 no alcool e 8,5 a 9 na gasolina, fiz um passeio de 350 km no fim de semana e fiz a média de 8,97 Km/L no etanol, só que em estrada boa sem trânsito andando maior parte do tempo a mais de 120 KM/H e com ar ligado !!!!

#28
 Luis Fernando Destro


Iniciante
Iniciante
O que todos estão esquecendo em relação ao GNV é a vida útil de algumas peças que cai pela metade, por exemplo: Filtro de ar, velas, cabo de velas e até mesmo o óleo do motor é recomentado trocar antes do prazo.
Outra coisa que tem que levar em consideração na hora da conversão é a troca da documentação, troca das molas traseiras, as vistorias anuais e o teste hidrostático do cilindro.
A perda de potência com o GNV é perceptível nos motores 1.6 mais hoje em dia existem Kit que acabam com esse problema.
Agora, para quem roda muito com o carro o GNV é indiscutivelmente mais econômico do que o álcool ou a gasolina.

#29
 Érico Fava


Iniciante
Iniciante
Amigos, o GNV é infinitamente mais vantajoso financeiramente do que qualquer combustível líquido! Tenho carros à GNV há + de 4 anos em SP. O preço do metro cúbico e bem menor que o litro. A autonomia na cidade é um pouco maior do que qualquer ourto, mas na estrada... Atenção: a r r e b e n t a qualquer cotovelo: na manha, sem ar, 90kmh, faz 30!!! isso mesmo, quem tem sabe que é verdade! Agora, aqueles que usam do argumento da inspeção do INMETRO de R$140,00 e mais manutenções, com certeza nunca tiveram um GNV decente! Contradigo e explico: calcule o gasto para percorrer percurso misto com GNV (13 cidade e, 28 de colher de chá na estrada) X gasolina ou etanol, 5000km. Alícota de IPVA em SP, de 4% para 3%. Manutenção é trólóló (plagiando o SERRA), pois não muda nada. O que ocorre é que o GNV precisa do sistema de ignição em bom estado, bastando trocar as velas, cabos e filtros conforme o especificado no manual.

#30
 Luis Fernando Destro


Iniciante
Iniciante
Concordo com tudo o que o nosso amigo Érico Fava disse em relação ao custo beneficio, mais torno a repetir, o GNV torna-se vantajoso se você utiliza o carro com frequencia, no meu caso, por exemplo, utilizo o carro apenas nos finais de semana em trajetos curtos, ou seja, esse ano ainda não rodei 5 mil Km com ele, no meu caso invertir em um Kit GNV não é vantajoso

Já tive dois carro com GNV, um Escort Guarujá carburado que fazia 15 Km com 1 metro cúbico na cidade e um Vectra injetado que fazia 16 Km com 1 metro cúbico também na cidade.

Fiz uma viajem para o Sul do Brasil com o Vectra e rodei 2.260 Kim e gastei apenas R$ 150,00 de GNV.

#31
 Érico Fava


Iniciante
Iniciante
Luis Fernando Destro, nestes termos, concordo com vc plenamente. Existe considerações a serem observadas: toda a partida é feita com o uso do combustível líquido; para utilização em pleno rendimento, necessita atingir a temperatura máxima de funcionamento para devida atuação da Sonda Lâmbda; perde-se tempo indo mais vezes abastecer, INMETRO, Ciretran-Detran (esqueça, pois não mais receberá o CRLV por correio). Levando-se tudo isso em conta VS rodar apenas de final de semana, por curto trajeto, nem pensar em GNV. Considere que é uma adaptação, que retrocede toda a engenharia moderna em prol de uma economia muito segura e vantajosa - mas pra quem usa (pelo menos 1000 km mês). Vão me xingar, mas não precisa ser nenhum engenheiro para notar que retrocede mesmo! são desabilitados os injetores e a sonda lâmbda para uso em GNV. Na prática, vira um carburado "aspirado". Todos os sensores que controlam a curva de rendimento, nas fazes de marcha lenta, arrancada e deslanche, vão pras cucuias... Explico: quando vc para em um farol, a ECU deixa a marcha lenta redondinha, parece desligado; quando vai arrancar, ao acionar a embreagem, a ECU enriquece a mistura para uma saída de inércia mais consistente; quando se está esticando uma marcha, a ECU altera a mistura e a abertura da borboleta do TBI, sem a necessidade de vc controlar no acelerador. Isso tudo vai pro ralo - já era! o engenheiro chora e o motor pede a Deus pro piloto ser bom e não o Felipe Bueno Massa. Essa é a real: andou bastante, se acostuma com o carro, vê a economia e sente muuuuito no bolso. Não andou, sente um carro duro em troca de poucos reais.

#32
 rennanpinheiro

avatar
Iniciante
Iniciante
Boa tarde amigos! Tenho um Fiesta Rocam 1.6 Flex 2012 e como a parte de motor e injeção é a mesma da Eco quadrada resolvi pedir ajuda pela experiência de vocês com gnv já que no fórum do fiesta achei poucas referências.
Depois de muito cogitar a instalação do GNV acabei instalando no meu carro em dezembro agora de 2015. Coloquei um KIT Injetado destes de quinta geração da marca argentina SGV com um cilindro de 15 M3 só que estou enfrentando alguns problemas com a instalação.
Fui pela indicação de um colega meu e acabei me ferrando, o cara fez a instalação mal feita, entortou o suporte da estepe para ela sair pois pegava no suporte do cilindro ao tentar retirar, fez a elétrica sem soldas, tudo com emendas e fita isolante e sem os conduítes na volta dos fios e pra variar não acertava de jeito nenhum o variador de avanço correto para o carro.
O cara que instalou meu kit tentou um Tury T30 que fazia o carro ter dificuldade em ligar se fizesse o praxe de aguardar a injeção para depois ligar o motor, depois tentou outro T30 e o carro quando passava para o gás ele moria depois colocou outro e ele ficou normal porém o motor ficava pulando em baixa. Por último tentou um da SGV WS510 e o carro enlouqueceu com ele, acendia luz da injeção, disparava a bomba de combustível e não desligava ela quando não se ligava o motor e ficava só no primeiro estágio da chave, as vezes ligava o carro de manhã cedo fio e a temperatura já marcava no meio e o carro morria se fosse acelerar entre outras falhas. Sem o variador não fazia isto.
Resumo da ópera, paguei outro instalador bem falado aqui perto que refez toda a parte elétrica da instalação e trocou o variador de avanço por um AeB Cobra. O carro não acendeu mais a luz da injeção e não endoidou mais.
Minha única dúvida é: desde que trocaram o primeiro Tury percebo que o carro quando o kit gás esta ligado pela chave comutadora mesmo no álcool antes dele converter eu percebo que andando em baixo giro ali no 1500 RPM se der uma pisadinha de leve no acelerador ele dá umas cabeceadas estranhas, fica pulando ou acontece isso quando em baixa tiro o pé mais rápido da embreagem, bem irritante principalmente em congestionamento. Se eu desabilitar o sistema na chave comutadora ele funciona perfeito sem trancos e chicoteadas. O que vocês acham que pode ser? Do próprio gnv mesmo não é pois ele faz isso também no álcool quando o sistema está ativo, só para de fazer se desligar o equipamento. O segundo mecânico que ajeitou o meu kit não consegue perceber isso e diz que tá normal mas eu sei que não está e agora a luz da injeção acendeu novamente... O Rocam de vocês faz isso? Se faz é normal?

#33
 Gélia Garcia

avatar
Membro
Membro
kentakk escreveu:
Smaylle escreveu:Estava querendo colocar Gas na minha Eco, a minha duvida é se é possivel colocar o cilindro em baixo, perto do escape.
O porta mala já é pequeno imagine com um cilindro dentro.

É possivel sim.  Eu ja vi uma.  Principalmente as 1.6 que nao tem o escapamento atravessado. Acho que cabem 2 cilindros pequenos, pois tem espaço de sobre debaixo da eco.  Da quase um porta malas la embaxo.


Meninos !

  Coloquei O KIT 5º Geração na minha Eco a um ano !!! ( Ford Ecosport XLT 2.0 16V (Aut) 2008) 2 Cilindros de 7.5 em baixo do carro. Modifiquei o escapamento p caber. Abastecimento pelo tanque e pelo motor !  FiCOU SHOW DE BOLA !!! Esta andando na cidade em tordo de 90 a 100 km e na estrada ja fiz 130 km. Não me arrependo !!!

#34
 Fabio Amaral

avatar
Iniciante
Iniciante
Gélia Garcia escreveu:
kentakk escreveu:
Smaylle escreveu:Estava querendo colocar Gas na minha Eco, a minha duvida é se é possivel colocar o cilindro em baixo, perto do escape.
O porta mala já é pequeno imagine com um cilindro dentro.

É possivel sim.  Eu ja vi uma.  Principalmente as 1.6 que nao tem o escapamento atravessado. Acho que cabem 2 cilindros pequenos, pois tem espaço de sobre debaixo da eco.  Da quase um porta malas la embaxo.


Meninos !

  Coloquei O KIT 5º Geração na minha Eco a um ano !!! ( Ford Ecosport XLT 2.0 16V (Aut) 2008) 2 Cilindros de 7.5 em baixo do carro. Modifiquei o escapamento p caber. Abastecimento pelo tanque e pelo motor !  FiCOU SHOW DE BOLA !!! Esta andando na cidade em tordo de 90 a 100 km e na estrada ja fiz 130 km. Não me arrependo !!!

Instalei um de 5ª geração na minha Ecosport 2.0 aut 2007 tem 30 dias, fiz várias médias com cilindro de 16m3 , esta muito próximo da sua média. A minha esta fazendo 100 / 120 com ar e rodando na cidade do RJ com 16m3. Achei que estava "bebendo" muito, porém ao ler seu comentario vi que esta na média. E outra coisa, não vou levar pra "regular" pois o carro ficou 100%, quase não sinto a perda de potencia.

#35
 Brignoli

avatar
Membro VIP
Membro VIP
Boa noite,
A minha Ecosport é 1.6 8v, 2006 , flex, não possui kit gás. Eu nunca tive um carro a gás, mas meu irmão é taxista aqui em São Paulo, tem um Idea Adventure, roda bastante. Possui uma instalação das últimas gerações e o carro tem alguns problemas, de solavancos (engasgadas) e fica mais fraco, quanto a quebra por causa do gás, isso não ocorreu ainda com ele! Também toda hora tem que verificar a pressão dos pneus por causa do peso do tanque e desgaste, fica na parte de baixo do carro, pois o mesmo possui um pequeno porta malas. Dirigi esses dias o carro dele, vou ser sincero, não gostei, o carro é amarrado, precisa pisar fundo, parecendo os carros antigos automáticos, mas para quem precisa de economia pois roda muito, indiscutível, de fato vale a pena! No meu caso, não....rodo pouco, somente aos finais de semana. A minha Ecosport é super econômica, gasto aqui dentro, com gasolina, 10 km/litro, quase mesma coisa que meu Corsa 1.0, na estrada ainda não verifiquei, pois tenho a pouco tempo e ainda não rodei. Conclusão, realmente para quem quer "economia pois roda muito", vale a pena, no meu caso, não!

#36
 jorge luiz sales fabian

avatar
Iniciante
Iniciante
Boa tarde Galera !
tenho um Voyage 1.6 - (1991) , com kit gás a 13 anos , nunca deu problema de funcionamento, já rodei 160 mil kilometros.
Marcha lenta legal, tudo direitinho.
Mas por experiência própria, coloque um variador de avanço, mesmo o carro sendo carburado.

#37
 Chapolin

avatar
Membro
Membro
Pra saber se vale, só fazendo contas, muitas.
O IPVA cai bastante, mas o seguro, mesmo sem incluir o kit na cobertura, sobe.
Se você roda pouco, mas vai ficar com o carro 10 anos, pode valer a pena, pois o que o IPVA desce, o seguro sobe. Então não muda tanto, mas terá a economia de combustível.
Se roda muito, vai valer a pena, desde que fique muito tempo com o carro.
Mas faça as contas, faz uma tabela no papel ou uma planilha no excel. Cota com o corretor a diferença no seguro, IPVA é fácil, vê o valor do carro na tabela FIPE e multiplica pela aliquota do seu estado e acresce das outras taxas que cobram, lembrando que no Rio, todo ano ainda tem uma taxa de 180 da inspeção do kit.

#38
 Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 2 de 2]

Ir à página : Anterior  1, 2


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum