EcoSport Club

Fórum de discussões sobre o Ford EcoSport


Quem estiver sem acesso ao fórum, basta enviar uma mensagem aos administradores que estaremos tomando as ações necessárias.

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Correia Dentada

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1
 Thais Hernandes

avatar
Iniciante
Iniciante
Boa tarde galera,

Tenho um Ecosprt 13/13 e fui surpreendida com uma notícia essa semana... Com um barulho estranho no motor, levei meu carro a um mecânico que disse qua a correia dentada estava quebrada!!! Meu carro tem 78.000 km rodado... Alguém poderia me dizer se é "normal" esse prejuízo?

#2
 Zanetti

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium
Posso estar enganado, mas com 70 mil já era para ter trocado a correia.

#3
 kentakk

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium
pelo que entendo de correia dentada..... se estiver quebrado nao tem como o motor estar funcionando, pois sem ela o eixo de comando nao gira e consequentemente nao tem como o motor funcionar, pois o comando eh que faz o tempo do motor, abertura e fechamento das valvulas para dar compressao..... E dependendo do motor se a correia quebrar ha grandes chances de entortar muitas valvulas la dentro.

#4
 Araujo Junior

avatar
Membro Jr
Membro Jr
Bom dia Thais, o que pode estar acontecendo é que a correia pode estar soltando partes, não acredito que ela tenha se rompido por inteiro pq como disse o Kentakk ela é responsável pelo sincronismo do motor e sem ela o motor não funciona. Essas correias dos Fords novos são para uma quilometragem bem alta Zanetti, o próprio motor Zetec que equipava os últimos Escorts e os primeiros Focus se não me engano eram pra serem trocadas com 120 mil km. Thais consulte o manual do veículo, nele consta com quantos km é para ser realizada a troca da correia dentada. Se a quilometragem do seu carro estiver abaixo do estipulado no manual entre em contato com a Ford, pois mesmo fora de garantia ela teria que realizar a troca, pois seria um defeito de fábrica. Mas sabe como são as coisas por aqui, mas não custa tentar.

#5
 Zanetti

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium
Sei, mas é que lá para o lado de Minas tem muito minério e ele acaba com qualquer correia, já vi casos de ter que trocar com 30 mil.

#6
 Araujo Junior

avatar
Membro Jr
Membro Jr
Nesse caso tem que ser trocado antes mesmo, mas acredito que a correia ainda não arrebentou, pois senão o motor não funcionaria, acredito que ela possa estar se deteriorando aí tem q ser trocada o quanto antes e o manual deve constar alguma coisa sobre isso também, talvez dizendo como uso severo, que geralmente é pra metade da quilometragem normal.

#7
 Zanetti

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium
Eu entendi que o mecânico quis dizer que a correia deve estar arrebentada, mas total e sim algum pedaço da lateral e se for isso tem que trocar logo ou assumir o grande prejuízo que vai causar.

#8
 costajo005

avatar
Iniciante
Iniciante
Boa tarde Pessoal.

Muitos motoristas não sabem exatamente o que está sob o capô de seus automóveis. Fato! Tá aí a importância de ler o manual do proprietário do veículo! O manual do proprietário é essencial  para que o motorista conheça definitivamente o seu veículo e profundamente seu funcionamento. #FicaaDica

Bom, para “quem nunca leu o manual do proprietário do seu veículo”, vai aí mais uma dica: não se assuste ou fique boquiaberto se algum dia você parar numa oficina, perguntando sobre algum possível problema em sua correia dentada, que pode quebrar e tal, que pode dar um grande prejuízo, isso e aquilo, e seu mecânico simplesmente responder que “seu carro não possui correia dentada e sim corrente de comando”.

Muitos mecânicos apontam essa falta de conhecimento dos motoristas. Eles falam que diversos clientes pedem para trocar correia dentada dos motores, como exemplo os motores da Ford, modelos Fiesta ou Ford KA, entre outros, sendo que nenhum desses tem ‘correia’, e sim  ‘corrente’.

Para começar, vale saber para que serve a correia dentada e a corrente de comando de um motor:

Tanto correia, quanto corrente são fundamentais para o bom funcionamento do veículo. As duas são responsáveis por sincronizar o movimento da parte inferior do motor – virabrequim e pistões – com o comando de válvulas, no entanto, algumas montadoras usam a correia e outras a corrente. Saber que tipo o seu carro utiliza é essencial na hora da manutenção. A correia caracteriza-se pela borracha com cintas de aço por dentro e por ser mais usada em carros nacionais. Por ser coberta por uma capa, dificulta sua visualização do desgaste, e se arrebentar, o motorista pode não perceber, devido à ausência de barulhos. O conserto custa caro.

Já a corrente é feita de aço e recebe lubrificação do óleo do motor. Apesar de ser mais resistente deve ser substituída algum dia e o preço também não é barato, aliás, tem um custo maior com a mão de obra, no  entanto, ela dá sinais de desgaste ao motorista, apresentando fortes ruídos. Abaixo listamos as vantagens e desvantagens de cada peça:

Vantagens da corrente:

– Baixa manutenção
– Leveza do sistema
– Baixo índice de ruído
– Alta durabilidade

Desvantagens da corrente:

– Custo de reposição
– Manutenção complicada (quando necessária)
– Esquenta em rotações superelevadas

Vantagens da correia:

– Facilidade na manutenção/reposição do conjunto
– Baixa perda de potência

Desvantagens da correia:

– Constante manutenção
– Emite ruídos

Mais uma dica pra vocês!

Como tradição, a Ford utiliza em seus motores, a corrente de comando, substituindo a conhecida correia dentada



Última edição por costajo005 em Dom Fev 11, 2018 3:20 pm, editado 2 vez(es) (Razão : dicas restantes,texto invertido)

#9
 Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum