EcoSport Club

Fórum de discussões sobre o Ford EcoSport


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

EcoSport 2005 XLS Com 202 mil km rodados: o que fazer?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1
 Leonardo Vieira

avatar
Iniciante
Iniciante
Pessoal, boa noite. Tenho uma ecosport 2005 xls com 202 mil rodados, que era do meu pai. Então, como podem ver, a mesma apresenta uma KM muito alta.. Estou pensando em vender o carro, mas me disseram ser um carro dificílimo de ser negociado, e que só conseguiria como base de troca em alguma concessionária.. o que acredito ser realmente verdade. Meu receio maior é de que por ter uma km tão alta, a mesma venha a bater o motor em pouco tempo, porque meu pai já havia pegado o veículo com uma km alta, 192 mil km..
Enfim, a dúvida é: Devo me preocupar? Se devo vender o veículo, qual valor posso cobrar?
A mesma possui central multimídia, câmera de ré, vidros, travas e alarme, mas possui umas coisinhas a fazer.. por exemplo, há um som de batidas que não consigo diferenciar, o mecânico me disse ser pivô, acho estranho, porque meu pai trocou toda a suspensão do lado direito. Talvez ele tenha razão, porque o pneu dianteiro direito tá muito mais gasto que o lado esquerdo. E os faróis de milha devem ser substituidos, porque a lente já está totalmente castigada, e a parte cromada do farol já foi toda pro saco.
Bom, preciso urgente de uma ajuda! Crying or Very sad

#2
 Funyl

avatar
Iniciante
Iniciante
Desfazer de carro sempre é complicado, estava com o Focus com 180k e penei para vender, cheguei a anunciar mas as vezes apareciam uns camaradas me oferecendo 2 garruchas, um bode e R$ 3.000,00. Laughing , no final um primo meu comprou o carro e está dizendo que é o melhor carro que ele já teve na vida (e olha que ele já tem quase 40 anos e teve muitos carros).

Seu primeiro problema é que a Eco tem mais de 15 anos de uso, por ser um carro nacional e desejado acredito que mesmo com a alta kilometragem não seja tão difícil assim de ser vendida, se a manutenção estiver em dia não haverá problemas para vender.

#3
 Leonardo Vieira

avatar
Iniciante
Iniciante
Funyl escreveu:Desfazer de carro sempre é complicado, estava com o Focus com 180k e penei para vender, cheguei a anunciar mas as vezes apareciam uns camaradas me oferecendo 2 garruchas, um bode e R$ 3.000,00. Laughing , no final um primo meu comprou o carro e está dizendo que é o melhor carro que ele já teve na vida (e olha que ele já tem quase 40 anos e teve muitos carros).

Seu primeiro problema é que a Eco tem mais de 15 anos de uso, por ser um carro nacional e desejado acredito  que mesmo com a alta kilometragem não seja tão difícil assim de ser vendida, se a manutenção estiver em dia não haverá problemas para vender.
Entendi. No caso, ao invés de eu usar como base de troca, seria melhor vender mesmo, certo?

#4
 Leonardo Vieira

avatar
Iniciante
Iniciante
E a FIPE dele está em 21 mil.. levando em consideração a km, quanto ele perderia de valor?

#5
 Funyl

avatar
Iniciante
Iniciante
O Carro não está rodado e sim com sua kilometragem normal, um carro 2005 rodando 17k por ano dá 204k.

Logicamente quem vai comprar um carro fica de olho em uma kilometragem maior, mas o que realmente importa é o zelo e o estado de conservação do carro, acredito que pelas características pode pedir pelo menos uns R$ 2.000,00 abaixo da tabela, entretanto olhando o mercado daqui de São Paulo encontrei este anuncio de uma Eco similar a sua com 190k e o preço R$ 21.900,00.

Caso venda em concessionária eles vão derrubar o valor do seu carro pelo fato de ser 2005 e pela Kilometragem elevada.

#6
 kentakk

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium
Uma referencia.... o carro ta com 202k e seu pai ja comprou ela bem rodada com 192k.... entao ve quanto seu pai pagou por ela e tira uma diferença, afinal deve ter desvalorizado mais um pouco.....
E com a economia brasileira começando a melhorar aos poucos vai aumentar a procura de carro zero, isso derruba ainda mais os preços de usados....

#7
 Leonardo Vieira

avatar
Iniciante
Iniciante
Pois é. Eu sou aqui do ES, e vendo os anúncios, tem vários valores, tem carros com km mais baixa que o meu pedindo menos de 17 mil.. ai fica complicado.
Confesso que por eu ter pegado o carro nessa situação, de cara já vejo que a pintura ta queimada em algumas partes, principalmente na parte da frente do teto.. e em algumas partes na tampa do porta malas.. só aí ja desvaloriza bastante acredito eu.

#8
 kentakk

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium
Bom, nao podemos esperar outra coisa..... afinal carro nao eh investmento e sim um gasto..... O meu carro de 2009 qdo peguei na ccs paguei 50mil... hje ja deve estar valendo metade do preco... so nao quero vender tao cedo porque esta com apenas 23mil km.... A nao ser que apareca uma boa oportunidade.....

ps: nota importante, esses 23mil km apenas rodados em rodovia, ou seja, uma verdadeira mosca branca.

#9
 santanaanderson

avatar
Iniciante
Iniciante
O melhor a fazer é pesquisar o preço na sua região.Eu utilizo como base o OLX do estado.De nada adianta vc cotar um valor do Rio Grande do Sul por exemplo se no seu estado os carros são vendidos a outro preço.

Pense tbm como um comprador, se todo mundo tá vendendo por R$17.000, vai adiantar vc anunciar por R$21.000?

#10
 Leonardo Vieira

avatar
Iniciante
Iniciante
santanaanderson escreveu:O melhor a fazer é pesquisar o preço na sua região.Eu utilizo como base o OLX do estado.De nada adianta vc cotar um valor do Rio Grande do Sul por exemplo se no seu estado os carros são vendidos a outro preço.

Pense tbm como um comprador, se todo mundo tá vendendo por R$17.000, vai adiantar vc anunciar por R$21.000?
Exato.. os valores dessa eco nessa faixa de preço, a galera ta anunciando até por 15 mil.. e como lhes disse, meu pai veio a falecer, o carro não estava comigo, porém sempre esteve em meu nome.. quando ele estava ruim no hospital, a galera meteu o pau no carro, não estava muito preocupado com o carro em si, mas sim com meu pai.. por um lado, claro, carro não é prioridade a saúde pessoal, mas pelo outro, fiquei triste, porque meu pai sempre gostou muito dos carros dele e a galera tava relaxando com o carro..
Resultado: tem um estalo do lado do carona meio oco, parece ser metal com metal, me disseram ser na torre de suspensão, ela esta toda nova.
Outro detalhe, está com melado em baixo do motor, vazamento no retentor da polia.. mas como estava vazando bem pouco a ponto de aguentar até uma próxima troca de óleo e o fim de ano chegando aí, ninguém podia fazer o serviço de troca do retentor porque estavam atolados de coisas, acabei trocando apenas o óleo porque já estava na data de troca. Do lado da direção também ta sujo de óleo, é complicado.
Foi como eu pensei, levei em revendedora, me ofereceram 14 mil. Estou cogitando a possibilidade de juntar uma grana, levar e pegar outro carro, pelo menos não vou ter dor de cabeça com comprador perturbado me cobrando defeitos do carro.

#11
 santanaanderson

avatar
Iniciante
Iniciante
Primeiramente meus pêsames...


Segundamente se o valor do carro é de 14.000 e uma concessionária/agência me oferece 14.000 eu vendo para a agência sem dúvidas!
Vou te contar uma experiência que tive, vendi uma moto em 2012 e esse ano chegou uma carta do Serasa.Achei estranho pois praticamente não tenho dívida, chegando na Secretaria da Fazenda descobri que o vendedor nunca passou para o nome dele e eu estava devendo mais de 2.000 reais de IPVA.Depois de muito discutir com o comprador acabei tendo que comprar a moto de volta.O mesmo tá acontecendo com minha mãe, vendeu um carro em 2013 e o vendedor tá com ela até hoje sem passar para o nome dele, ela está com uma dívida de mais de 4.000 (multas e IPVA) mas o problema é que o comprador mudou de estado e não sabemos o nome dele.

Então vender para agência vc perde um bom dinheiro mas pelo menos tem menos dor de cabeça.Além disso caso dê algo errado é muito mais fácil entrar na justiça contra um CNPJ do que contra uma pessoa física.

#12
 Leonardo Vieira

avatar
Iniciante
Iniciante
santanaanderson escreveu:Primeiramente meus pêsames...


Segundamente se o valor do carro é de 14.000 e uma concessionária/agência me oferece 14.000 eu vendo para a agência sem dúvidas!
Vou te contar uma experiência que tive, vendi uma moto em 2012 e esse ano chegou uma carta do Serasa.Achei estranho pois praticamente não tenho dívida, chegando na Secretaria da Fazenda descobri que o vendedor nunca passou para o nome dele e eu estava devendo mais de 2.000 reais de IPVA.Depois de muito discutir com o comprador acabei tendo que comprar a moto de volta.O mesmo tá acontecendo com minha mãe, vendeu um carro em 2013 e o vendedor tá com ela até hoje sem passar para o nome dele, ela está com uma dívida de mais de 4.000 (multas e IPVA) mas o problema é que o comprador mudou de estado e não sabemos o nome dele.

Então vender para agência vc perde um bom dinheiro mas pelo menos tem menos dor de cabeça.Além disso caso dê algo errado é muito mais fácil entrar na justiça contra um CNPJ do que contra uma pessoa física.
Pois então, estou partindo de seu princípio, acredito que o melhor a se fazer no momento é, segurar o carro até eu juntar uma grana boa e efetuar uma troca dando ele como base.
Porque sempre tem aquela história.. quando vão te vender o carro, ninguém nunca te fala os problemas dele, você que acaba descobrindo, como fizeram com meu pai.
Ou então dão uma de espertinhos, pegam o carro, fazem merda e joga a culpa pro dono antigo alegando que levou na oficina e descobriu que tava com isso e aquilo (também fizeram isso com um polo que meu pai vendeu).

#13
 Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum