EcoSport Club

Fórum de discussões sobre o Ford EcoSport


Quem estiver sem acesso ao fórum, basta enviar uma mensagem aos administradores que estaremos tomando as ações necessárias.

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Líquido de arrefecimento: qual usar?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1
 Johnnatan Barbosa

avatar
Iniciante
Iniciante
Galera, preciso se uma opinião: qual líquido de arrefecimento devo usar na minha EcoSport 2011? Posso usar um líquido de arrefecimento comum?
Obrigado!

#2
 Zanetti

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium
Se eu não estiver errado, qualquer um a base de etilenoglicol serve.

#3
 Josimar

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium
Concordo, Zanetti. O importante é usar a proporção adequada: entre 40 a 50% de aditivo!


E, claro, procurar aditivos de qualidade. Já li um relatório técnico do INMETRO que mostrava até 86% de água em um produto. Outro tinha 74% só de água. Nem se fossem colocados puros dariam conta do recado...


O máximo aceitável de água na composição do aditivo é de 5%!

#4
 zaninis

avatar
Membro Pro
Membro Pro
Eu usei o SINTÉTICO da Koube. O Glicol ataca muito as peças plasticas e outras.
O sintético não. Acaba protegendo mais.

A diferença fica por conta da temperatura de congelamento que é menor no sintético, ou seja, congela mais fácil, mas em SP não vou ter este problema.

O IMPORTANTE é nunca misturar aditivos, sejam qual for.

Marcas que acho interessante são o DELPHI e o KOUBE (Se não me engano ambos tem com os orgânicos com glicol e o sintético).
Quando precisei fui ver o original e era extremamente caro.
Optei no sintético.
Troquei a água toda, até ficar bem limpa e usei dois litros de aditivo.
Fica a sugestão.

(em tempo, Glicol, pode ser monoetileno, polietileno entre outros)



Última edição por zaninis em Qua Abr 27, 2016 4:17 pm, editado 1 vez(es)

#5
 efemota

avatar
Administrador
Administrador
O manual pede aditivo organico etilenoglicol.



EcoSport FreeStyle 1.6 2009 Prata Enseada

#6
 zaninis

avatar
Membro Pro
Membro Pro
Sim.
Porém os sintéticos são uma evolução.
Uso sem medo .
E mais, o original sempre queima o reservatório e deixa a água suja breve.
Esse da FORD acho mesmo ruim. Tenho um VW e é bem diferente.

#7
 kentakk

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium
no motor 1.6 alguem sabe o volume total de fluido vai no arrefecimento?

#8
 janduir10

avatar
Membro
Membro
zaninis escreveu:Sim.
Porém os sintéticos são uma evolução.
Uso sem medo .
E mais, o original sempre queima o reservatório e deixa a água suja breve.
Esse da FORD acho mesmo ruim. Tenho um VW e é bem diferente.  

Permita-me discordar amigo. Nenhum fabricante de automóvel hoje em dia, nem mesmo os chineses recomendam aditivo de polímeros. Desde os anos 80 todos recomendam monoetilenoglicol. Essa estória de não amarelar reservatório, não ressecar borrachas, é papo do seu Adg e Diego velocímetros. Amarelar reservatório, com o passar dos anos, e a caloria não tem milagres. Já vi eles trocarem aditivo original honda (monoetilenoglicol - que dura 10 anos ou 200.000km) de um Honda Civic 2013 com menos de 60.000km. Sacanagem com o dono. E ainda usaram o Koube de polímeros.
A Koube força muito a barra no marketing. Fora aquele solvente que eles colocam no tanque. O Adg deve ter brigado com a Koube, pois agora ele está vendendo um aditivo da Radiex R1882 superconcentrado que custa menos de R$20,00 (1 litro trata até 8 de água)com o nome da marca dele (mas vai querer cobrar no mínimo 3x mais caro). Aditivo recomendo monoetilenoglicol de marcas grandes como Delphi- Acdelco- Petronas -Bardhal, etc

#9
 zaninis

avatar
Membro Pro
Membro Pro
janduir10 escreveu:
zaninis escreveu:Sim.
Porém os sintéticos são uma evolução.
Uso sem medo .
E mais, o original sempre queima o reservatório e deixa a água suja breve.
Esse da FORD acho mesmo ruim. Tenho um VW e é bem diferente.  

Permita-me discordar amigo. Nenhum fabricante de automóvel hoje em dia, nem mesmo os chineses recomendam aditivo de polímeros. Desde os anos 80 todos recomendam monoetilenoglicol. Essa estória de não amarelar reservatório, não ressecar borrachas, é papo do seu Adg e Diego velocímetros. Amarelar reservatório, com o passar dos anos, e a caloria não tem milagres. Já vi eles trocarem aditivo original honda (monoetilenoglicol - que dura 10 anos ou 200.000km) de um Honda Civic 2013 com menos de 60.000km. Sacanagem com o dono. E ainda usaram o Koube de polímeros.
A Koube força muito a barra no marketing. Fora aquele solvente que eles colocam no tanque. O Adg deve ter brigado com a Koube, pois agora ele está vendendo um aditivo da Radiex R1882 superconcentrado que custa menos de R$20,00 (1 litro trata até 8 de água)com o nome da marca dele (mas vai querer cobrar no mínimo 3x mais caro). Aditivo recomendo monoetilenoglicol de marcas grandes como Delphi- Acdelco- Petronas -Bardhal, etc

Respeito sua opinião.
O fato no meu caso que depois de trocar para o sintético, estou já a quase 2 anos com ele e o mesmo encontra-se límpido, sem ferrugem alguma e o reservatório está realmente bem branco ainda.
Como em SP dificilmente haverá problema de congelamento não vi problema algum.
Reforço...com o original (estou falando do meu carro/experiência, carro este que retirei 0KM) pouco tempo depois comecei notar a oxidação.
Pretendo em breve efetuar nova troca (por tempo mesmo) e voltarei a usar o sintético.
Acho que um problema sério ocorreu no aditivo usado pela ford  em 2010, 11 e até 12.
Tenho também um Polo do mesmo ano e ainda com o aditivo original (que é a base de glicol) hoje com 90.000 KM.
O reservatório está levemente queimado e o líquido limpo. Em breve pretendo trocar (por tempo) mas em time que está ganhando, não mexo.
Da Eco ia substituir pela oxidação que estava começando a ficar mais forte, mas não deu tempo. A "excelente" carcaça e vávula termostática usada pela Ford deu pau antes exigindo a troca. Por duas vezes com tive de voltar de reboque por mangueira estourada pois a famigerada travou fechada. Ai optei pelo sintético.
Posso lhe garantir que os youtubers não me influenciaram. Optei pelo sintético por ver resultados em outros carros e por acreditar que novas tecnologias são bem vindas. Se não testar, não saberei se  realmente funciona.
Usei e até hj, aprovo.

Em tempo, note que as montadoras reduziram muito o aditivo. Não acredito se tratar de apenas economia.

#10
 kentakk

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium
eu estou desleixado, ja devia ter trocado a um bom tempo... pois dizem que liquido de arrefeciento depois de vencido o tempo de troca ele fica acido e pode corroer os componentes.... o meu carro quase nao roda, fica parado na garagem. mas o liquido ta limpinho cor de rosa....

#11
 janduir10

avatar
Membro
Membro
zaninis escreveu:
janduir10 escreveu:
zaninis escreveu:Sim.
Porém os sintéticos são uma evolução.
Uso sem medo .
E mais, o original sempre queima o reservatório e deixa a água suja breve.
Esse da FORD acho mesmo ruim. Tenho um VW e é bem diferente.  

Permita-me discordar amigo. Nenhum fabricante de automóvel hoje em dia, nem mesmo os chineses recomendam aditivo de polímeros. Desde os anos 80 todos recomendam monoetilenoglicol. Essa estória de não amarelar reservatório, não ressecar borrachas, é papo do seu Adg e Diego velocímetros. Amarelar reservatório, com o passar dos anos, e a caloria não tem milagres. Já vi eles trocarem aditivo original honda (monoetilenoglicol - que dura 10 anos ou 200.000km) de um Honda Civic 2013 com menos de 60.000km. Sacanagem com o dono. E ainda usaram o Koube de polímeros.
A Koube força muito a barra no marketing. Fora aquele solvente que eles colocam no tanque. O Adg deve ter brigado com a Koube, pois agora ele está vendendo um aditivo da Radiex R1882 superconcentrado que custa menos de R$20,00 (1 litro trata até 8 de água)com o nome da marca dele (mas vai querer cobrar no mínimo 3x mais caro). Aditivo recomendo monoetilenoglicol de marcas grandes como Delphi- Acdelco- Petronas -Bardhal, etc

Respeito sua opinião.
O fato no meu caso que depois de trocar para o sintético, estou já a quase 2 anos com ele e o mesmo encontra-se límpido, sem ferrugem alguma e o reservatório está realmente bem branco ainda.
Como em SP dificilmente haverá problema de congelamento não vi problema algum.
Reforço...com o original (estou falando do meu carro/experiência, carro este que retirei 0KM) pouco tempo depois comecei notar a oxidação.
Pretendo em breve efetuar nova troca (por tempo mesmo) e voltarei a usar o sintético.
Acho que um problema sério ocorreu no aditivo usado pela ford  em 2010, 11 e até 12.
Tenho também um Polo do mesmo ano e ainda com o aditivo original (que é a base de glicol) hoje com 90.000 KM.
O reservatório está levemente queimado e o líquido limpo. Em breve pretendo trocar (por tempo) mas em time que está ganhando, não mexo.
Da Eco ia substituir pela oxidação que estava começando a ficar mais forte, mas não deu tempo. A "excelente" carcaça e vávula termostática usada pela Ford deu pau antes exigindo a troca. Por duas vezes com tive de voltar de reboque por mangueira estourada pois a famigerada travou fechada. Ai optei pelo sintético.
Posso lhe garantir que os youtubers não me influenciaram. Optei pelo sintético por ver resultados em outros carros e por acreditar que novas tecnologias são bem vindas. Se não testar, não saberei se  realmente funciona.
Usei e até hj, aprovo.

Em tempo, note que as montadoras reduziram muito o aditivo. Não acredito se tratar de apenas economia.

Quanto a redução da proporção do aditivo, eu entendo que é pra economizar mesmo, pois o aditivo monoetilenoglicol custa bem mais caro. Mas vale lembrar que Honda e Toyota não diminuíram em nada a proporção e seus aditivo a 1 troca é aos 200.000 km ou 10 anos. O aditivo de polímeros protege contra corrosão, isso é certeza, pois tenho em testes bombril a mais de 1 ano o aditivo superconcentrado Radiex R1882 na proporção 1/8 com água de torneira e com água desmineralizada e os 2 frascos o bombril mantem-se em estado de novo. E olha que esse aditivo custa por volta de R$18,00 o litro e trata até 8 litros de água. É o mesmo que o ADG vai usar com sua marca própria, mas imagine o preço que terá. Devemos lembrar que o aditivo base monoetilenoglicol não ferve até uns 130 graus. Já o de polímeros tenho certeza que a 100 graus começa a fazer bolhinhas e isso causa a famosa cavitação. Mas se tivesse comprado um carro usado que nunca usou aditivo, eu iniciaria usando esse aditivo da Radiex e trocaria a cada 6 meses. Depois de uns 2 anos não sujando mais e não aparecendo vazamento ai sim eu partiria para o aditivo base monoetilenoglicol... Abs

#12
 kentakk

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium
janduir10 escreveu:
zaninis escreveu:
janduir10 escreveu:
zaninis escreveu:Sim.
Porém os sintéticos são uma evolução.
Uso sem medo .
E mais, o original sempre queima o reservatório e deixa a água suja breve.
Esse da FORD acho mesmo ruim. Tenho um VW e é bem diferente.  

Permita-me discordar amigo. Nenhum fabricante de automóvel hoje em dia, nem mesmo os chineses recomendam aditivo de polímeros. Desde os anos 80 todos recomendam monoetilenoglicol. Essa estória de não amarelar reservatório, não ressecar borrachas, é papo do seu Adg e Diego velocímetros. Amarelar reservatório, com o passar dos anos, e a caloria não tem milagres. Já vi eles trocarem aditivo original honda (monoetilenoglicol - que dura 10 anos ou 200.000km) de um Honda Civic 2013 com menos de 60.000km. Sacanagem com o dono. E ainda usaram o Koube de polímeros.
A Koube força muito a barra no marketing. Fora aquele solvente que eles colocam no tanque. O Adg deve ter brigado com a Koube, pois agora ele está vendendo um aditivo da Radiex R1882 superconcentrado que custa menos de R$20,00 (1 litro trata até 8 de água)com o nome da marca dele (mas vai querer cobrar no mínimo 3x mais caro). Aditivo recomendo monoetilenoglicol de marcas grandes como Delphi- Acdelco- Petronas -Bardhal, etc

Respeito sua opinião.
O fato no meu caso que depois de trocar para o sintético, estou já a quase 2 anos com ele e o mesmo encontra-se límpido, sem ferrugem alguma e o reservatório está realmente bem branco ainda.
Como em SP dificilmente haverá problema de congelamento não vi problema algum.
Reforço...com o original (estou falando do meu carro/experiência, carro este que retirei 0KM) pouco tempo depois comecei notar a oxidação.
Pretendo em breve efetuar nova troca (por tempo mesmo) e voltarei a usar o sintético.
Acho que um problema sério ocorreu no aditivo usado pela ford  em 2010, 11 e até 12.
Tenho também um Polo do mesmo ano e ainda com o aditivo original (que é a base de glicol) hoje com 90.000 KM.
O reservatório está levemente queimado e o líquido limpo. Em breve pretendo trocar (por tempo) mas em time que está ganhando, não mexo.
Da Eco ia substituir pela oxidação que estava começando a ficar mais forte, mas não deu tempo. A "excelente" carcaça e vávula termostática usada pela Ford deu pau antes exigindo a troca. Por duas vezes com tive de voltar de reboque por mangueira estourada pois a famigerada travou fechada. Ai optei pelo sintético.
Posso lhe garantir que os youtubers não me influenciaram. Optei pelo sintético por ver resultados em outros carros e por acreditar que novas tecnologias são bem vindas. Se não testar, não saberei se  realmente funciona.
Usei e até hj, aprovo.

Em tempo, note que as montadoras reduziram muito o aditivo. Não acredito se tratar de apenas economia.

Quanto a redução da proporção do aditivo, eu entendo que é pra economizar mesmo, pois o aditivo monoetilenoglicol custa bem mais caro. Mas vale lembrar que Honda e Toyota não diminuíram em nada a proporção e seus aditivo a 1 troca é aos 200.000 km ou 10 anos. O aditivo de polímeros protege contra corrosão, isso é certeza, pois tenho em testes bombril a mais de 1 ano o aditivo superconcentrado Radiex R1882 na proporção 1/8 com água de torneira e com água desmineralizada e os 2 frascos o bombril mantem-se em estado de novo. E olha que esse aditivo custa por volta de R$18,00 o litro e trata até 8 litros de água. É o mesmo que o ADG vai usar com sua marca própria, mas imagine o preço que terá. Devemos lembrar que o aditivo base monoetilenoglicol não ferve até uns 130 graus. Já o de polímeros tenho certeza que a 100 graus começa a fazer bolhinhas e isso causa a famosa cavitação. Mas se tivesse comprado um carro usado que nunca usou aditivo, eu iniciaria usando esse aditivo da Radiex e trocaria a cada 6 meses. Depois de uns 2 anos não sujando mais e não aparecendo vazamento ai sim eu partiria para o aditivo base monoetilenoglicol... Abs
10 anos? affraid puxa eu pensei ter lido 2 anos no manual da ecosport.... se forem 10 anos eu ainda estou dentro do prazo, afinal o carro tem 23mil km.

#13
 janduir10

avatar
Membro
Membro
10 anos ou 200.000 km são para os aditivos Honda e Toyota quando saem zero. Depois eles recomendam metade do tempo. Nem me atentei a quanto tempo é no manual Ford. Uso na Eco da esposa 3 litros do Delphi RL10008 que dura 5 anos ou 240.000 km. Custa 23,00 no ML. Eu já uso da Delphi desde os anos 90 e nunca tive problemas de ferrugem... mas marcas como Petronas, Acdelco, Bardhal também são muito boas, mas custam mais caro.

#14
 kentakk

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium
janduir10 escreveu:10 anos ou 200.000 km são para os aditivos Honda e Toyota quando saem zero. Depois eles recomendam metade do tempo. Nem me atentei a quanto tempo é no manual Ford. Uso na Eco da esposa 3 litros do Delphi RL10008 que dura 5 anos ou 240.000 km. Custa 23,00 no ML. Eu já uso da Delphi desde os anos 90 e nunca tive problemas de ferrugem... mas marcas como Petronas, Acdelco, Bardhal também são muito boas, mas custam mais caro.

Um detalhe a agua da mistura creio que tem que ser desmineralizada encontrada em auto peças ou mesmo em farmacias.... pois nao pode conter minerais.... Fora que agua de torneira leva cloro tambem.

#15
 elisacarol


Iniciante
Iniciante
kentakk escreveu:no motor 1.6 alguem sabe o volume total de fluido vai no arrefecimento?

Entre 6L e 7L

#16
 Edjan dos Santos Oliveira

avatar
Iniciante
Iniciante
Boa tarde pessoal!

Adquirir uma ecosport XLT 1.6 2009, recentemente com 38.000, num estado de conservação surpreendente. Irei realizar a revisão quando chegar em 40.000 Km, porem gostaria de umas dicas do que devo trocar por conta do tempo?

#17
 elisacarol


Iniciante
Iniciante
Primeiras coisas seria ver o estado dos pneus, das borrachas das portas e lubrificar as máquinas de vidro. Dá uma checada nas lâmpadas e faróis, na bateria.
Se vc levar numa revisão autorizada, tipo superfor, eles vão ver todos os itens abaixo.
Por conta do tempo dá uma checada no tanque de líquido de arrefecimento (água do radiador), vê se a tampa não está rachada e o tanque não tem vazamento.

#18
 Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum