EcoSport Club

Fórum de discussões sobre o Ford EcoSport


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Quebra-mato / Estribos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1
 robsonbee


Iniciante
Iniciante
Boa noite galera,

Estou querendo colocar o quebra-mato e estribo na minha Eco (XLT / Air-bag / Automática) mas pesquisei em alguns tópicos e alguns dizem que é proibido ou depende do modelo pode afetar a aerodinâmica do carro etc.

Alguém poderia me dizer o que pode e o que não pode?

Valeu!

#2
 Vinicius Maia

avatar
Membro Pro
Membro Pro
robsonbee escreveu:Boa noite galera,

Estou querendo colocar o quebra-mato e estribo na minha Eco (XLT / Air-bag / Automática) mas pesquisei em alguns tópicos e alguns dizem que é proibido ou depende do modelo pode afetar a aerodinâmica do carro etc.

Alguém poderia me dizer o que pode e o que não pode?

Valeu!
Que ano é a sua Eco?Tenho uma XLT 2.0 2004 Air bag + Abs com estribos e Quebra mato Cromados originais.O que acontece e que o quebra mato pode atrapalhar no funcionamento do sensor do Air bag.Não retirei o meu e nem vou retirar,acho a eco sem esses acessorios muito popular,.Mas sei do risco que corro em uma colisão.

#3
 willians.santana.3

avatar
Membro Platinum
Membro Platinum
Está no manual do carro (até pra evitar um processo contra a Ford) que o uso do para-choque de impulsão (quebra-mato) pode prejudicar o funcionamento do air-bag em caso de colisão frontal.
Era uma das primeiras coisas que pretendia colocar na eco, mas como acabei comprando uma XLT AT e quem vai pegar em breve vai ser a patroa que vai estar aprendendo a dirigir, não vou arriscar que ele não abra pra ficar bonitinho.
Já me arrependo de não ter colocado pq já arranharam o para-choque dianteiro dando ré no estacionamento. Se tivesse uma barra de aço gigante, aposto que teriam mais cuidado. Mas a segurança vem primeiro.

Estou pensando em colocar um overbumper pra evitar o que aconteceu, mas acho que vai estragar a estética do carro...

[]s

#4
 Vinicius Maia

avatar
Membro Pro
Membro Pro
willians.santana.3 escreveu:Está no manual do carro (até pra evitar um processo contra a Ford) que o uso do para-choque de impulsão (quebra-mato) pode prejudicar o funcionamento do air-bag em caso de colisão frontal.
Era uma das primeiras coisas que pretendia colocar na eco, mas como acabei comprando uma XLT AT e quem vai pegar em breve vai ser a patroa que vai estar aprendendo a dirigir, não vou arriscar que ele não abra pra ficar bonitinho.
Já me arrependo de não ter colocado pq já arranharam o para-choque dianteiro dando ré no estacionamento. Se tivesse uma barra de aço gigante, aposto que teriam mais cuidado. Mas a segurança vem primeiro.

Estou pensando em colocar um overbumper pra evitar o que aconteceu, mas acho que vai estragar a estética do carro...

[]s
Willians.santana.3 Vc acha que o quebra mato vai estragar a estética do carro?Pois eu acho que não ha estetica nenhuma sem ele rssss,combina demais com o carro,alias acho que camionete e camioneta (no caso da eco) ja deviam vir com esse acessorio de fabrica.Acho que só pecaram na posicionamento do sensor do Airbag.Quer dizer então que quem possui uma XLT 2.0 com airbag duplo e Abs (no meu caso) não pode usar esse acessorio?Chega a ser comico.
Mais eu não sou ignorante e não incentivo,quem tem eco com airbag instalar esse overbumper (o de aço é claro).Mas como eu ja disse,o meu eu não tiro kkkk.

#5
 willians.santana.3

avatar
Membro Platinum
Membro Platinum
Overbumpers são de plástico, como esse aqui:


O problema é que todos os que eu vi, são grafite ou pretos, ou seja, ficam muito bem nas freestyle mas acho meio estranhos nas demais.
Não devem influenciar no acionamento do airbag pois não alteram a deformação do carro.

Eu GOSTO do quebra-mato, apenas acho mais perigoso pra mim e pra pedestres em caso de acidentes.
Fico P*** da vida como estou quando arranham meu para-choque como fizeram por não ter. Mas tenho uma mulher em casa pra quem quero voltar e que espero que volte pra mim em caso de acidente. Então melhor pagar repintura do para-choque eventualmente que colocar o quebra-mato e correr o risco do airbag não abrir em acidente, ou matar um pedestre em atropelamento.
Não vivo sozinho no mundo, então tenho que me preocupar com as demais pessoas. Nos mais diversos sentidos, bons e ruins... Wink

[]s

#6
 Josimar

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium
robsonbee escreveu:Boa noite galera,
Estou querendo colocar o quebra-mato e estribo na minha Eco (XLT / Air-bag / Automática) mas pesquisei em alguns tópicos e alguns dizem que é proibido ou depende do modelo pode afetar a aerodinâmica do carro etc.
Alguém poderia me dizer o que pode e o que não pode?

Valeu!
Olá, Robson.

No Brasil não é proibido, por enquanto. Porém, além da questão do acionamento dos Air Bags frontais, o maior problema relacionado a este equipamento é o maior dano causado a um pedestre em caso de atropelamento frontal. Por isso em boa parte dos países já foi proibido.

Quanto a ser bonito, não posso discordar. Aliás, comprei meu primeiro Eco com este acessório. Achava muito legal. Até que comecei a estudar sobre o assunto e... Mandei tirar.

Mas é uma questão de se avaliar o risco/benefício, como quase tudo na vida. Vou selecionar alguns artigos sobre o assunto e posto por aqui depois.

Abs

#7
 Josimar

avatar
Diamond Titanium
Diamond Titanium

#8
 efemota

avatar
Administrador
Administrador
Já pensou neste?



EcoSport FreeStyle 1.6 2009 Prata Enseada

#9
 willians.santana.3

avatar
Membro Platinum
Membro Platinum
Sim, efemota, mas caio no mesmo problema.
Pra não arranharem e ficarem feios, tem que ser de plástico não pintado.
Plástico não pintado, só tem grafite e grafite só fica bem nas freestyle por causa dos outros detalhes...
Se pegar um desse e mandar pintar na cor do carro, ficam 6 por meia duzia.

Mas são, sem dúvida, os mais bonitos e práticos

[]s

#10
 Guto Ferreira


Membro
Membro
Ola amigos boa tarde !
A minha eco tem o stribo oval e infelizmente a ponteira de plastico oval sumiu .
Eu não estou conseguindo encontrar o item para comprar separadamente  , será que vocês podem me ajudar ?

#11
 Orieuglas

avatar
Iniciante
Iniciante
Quanto ao perigo ao pedestre, acho que perigo maior está na velocidade em que o motorista conduz o veículo. Uma carro com quebra mato a 100km/h vai matar, a 20km/s sem não vai. Mas se você inverter os fatores dessa equação o resultado será o mesmo. Ninguém está livre de acidentes, mas conduzir o veículo com segurança, responsabilidade, velocidade condizente e principalmente sem álcool no organismo parece ser muito mais importante. Respeito a opinião de cada um, só gostaria de entender porque o quebra-mato põe em risco o pedestre?

#12
 Wesley Sampaio

avatar
Membro Pro
Membro Pro
Olá, bom dia Robsonbee...

Proibido pela lei ele não é, mas em algumas cidades brasileiras ele é proibido o seu uso...

Mas existe outros modelos específicos no mercado...Como o Parachoque Overbumper, a qual pode ser uma boa opção para a sua necessidade caso a sua seja a modelo mais antiga...


https://i58.servimg.com/u/f58/19/69/79/21/98251210.jpg" alt="" />



#13
 Garcia de Moura

avatar
Iniciante
Iniciante
Caro Wesley Sampaio.
Acabei de comprar uma Ecosport 2004 4WD 2.0 16 V que está fazendo TUDO na oficina em matéria de mecânica. Estou exatamente pesquisando sobre esse quebra mato, porque não veio de fábrica. Você disse que não é proibido no Brasil, apenas em algumas cidades. Tenho absoluta certeza que essa informação não procede.
O CTB é lei federal, assim, seu escopo é nacional.
Não há como estados ou municípios, de forma autônoma, alterarem a lei geral que regulamenta todo o trânsito no país. Isso seria inconstitucional.
Os municípios podem, de forma residual, regulamentar aquilo que lhes compete pela própria Constituição. No caso de normatizar, autorizar ou restringir características nos veículos, isso não é de competência do poder legislativo municipal, ou seja, vereador não legisla sobre isso.
Importante: o uso do quebra mato, na hipótese da ocorrência de acidente ou atropelamento, pode enseja diferentes consequências no que toca à Responsabilidade Civil. Confesso que nunca pesquisei sobre proibição desse acessório na lei, pode ser que haja.
Sou bacharel em Direito.

#14
 Wesley Sampaio

avatar
Membro Pro
Membro Pro
Garcia de Moura escreveu:Caro Wesley Sampaio.
Acabei de comprar uma Ecosport 2004 4WD 2.0 16 V que está fazendo TUDO na oficina em matéria de mecânica. Estou exatamente pesquisando sobre esse quebra mato, porque não veio de fábrica. Você disse que não é proibido no Brasil, apenas em algumas cidades. Tenho absoluta certeza que essa informação não procede.
O CTB é lei federal, assim, seu escopo é nacional.
Não há como estados ou municípios, de forma autônoma, alterarem a lei geral que regulamenta todo o trânsito no país. Isso seria inconstitucional.
Os municípios podem, de forma residual, regulamentar aquilo que lhes compete pela própria Constituição. No caso de normatizar, autorizar ou restringir características nos veículos, isso não é de competência do poder legislativo municipal, ou seja, vereador não legisla sobre isso.
Importante: o uso do quebra mato, na hipótese da ocorrência de acidente ou atropelamento, pode enseja diferentes consequências no que toca à Responsabilidade Civil. Confesso que nunca pesquisei sobre proibição desse acessório na lei, pode ser que haja.
Sou bacharel em Direito.

EcoSportClub Driver

A Questão que você cita acima não muda em nada, pois eu sei que CTB e federal e seu escopo e nacional, e não pode mudar pois seria realmente inconstitucional...

O que falo, e que não tem nada que fale sobre a restrição,o uso deste acessório no veiculo, sendo assim em algumas cidades do brasil, este acessório e visto como agressivo e pode ser cabível de multa ou retenção do veiculo para até a sua retirada, em minha cidade e apenas um acessório o qual não influencia em nada, apenas esteticamente...

Eu falo que isso pode acontecer em algumas cidades sim, pois eu trabalho na PRF, e já trabalhei em outras cidades do pais, e já vi alguns casos de multas e apreensões para regularização do mesmo.

DriverEcoSportClub

#15
 Garcia de Moura

avatar
Iniciante
Iniciante
Qual o dispositivo legal que prevê aplicação de penalidade administrativa então? Tem de haver na lei para que se possa legalmente coagir a retirar o acessório. Vou dar uma olhada no CTB sobre equipamentos proibidos, ou em quais municípios são proibidos? Uma das características da norma jurídica é o fato de ser erga omnes, ou seja, oponível contra todos.

#16
 Wesley Sampaio

avatar
Membro Pro
Membro Pro
Garcia de Moura escreveu:Qual o dispositivo legal que prevê aplicação de penalidade administrativa então? Tem de haver na lei para que se possa legalmente coagir a retirar o acessório. Vou dar uma olhada no CTB sobre equipamentos proibidos, ou em quais municípios são proibidos? Uma das características da norma jurídica é o fato de ser erga omnes, ou seja, oponível contra todos.


EcoSportClubDriver

RESOLUÇÃO Nº 215, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2006
Regulamenta a fabricação, instalação e uso de dispositivo denominado “quebra-mato” em veículos automotores com peso bruto total de até 3.500 kg.

O CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO – CONTRAN, no uso da competência que lhe confere o inciso I do art. 12, da Lei n.º 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Transito Brasileiro, e conforme Decreto n.º 4.711, de 29 de maio de 2003, que dispõe sobre a coordenação do Sistema Nacional de Trânsito; e
Considerando que o art. 97, do Código de Trânsito Brasileiro atribui ao CONTRAN a responsabilidade pela aprovação das exigências que permitam o registro, licenciamento e circulação nas vias publicas;
Considerando que a instalação do dispositivo denominado “quebra-mato” pode afetar as condições de projeto do veículo, em especial no que se refere à distribuição de peso, estabilidade, aerodinâmica e rigidez estrutural e a eficácia do equipamento suplementar de retenção ( Air Bag ) frontal; e,
Considerando que a utilização do “quebra-mato” pode representar riscos adicionais de acidentes, especialmente quando há o envolvimento de pedestres; resolve:
Art. 1º Os dispositivos “quebra-mato” instalados em veículos automotores com peso bruto total de até 3.500 kg, devem atender aos requisitos desta Resolução.

Art. 2ºOs fabricantes e importadores de veículos automotores equipados originalmente com dispositivo “quebra-mato” devem informar, no manual do proprietário, os seguintes requisitos

I – pontos de ancoragem;
II – peso máximo para o conjunto “quebra-mato” e componentes utilizados em sua instalação;
III – dimensões máximas do “quebra-mato” – largura e altura.
Parágrafo único. Na ausência de definição dos requisitos para instalação do dispositivo “quebra-mato”, por parte dos fabricantes e importadores, cabe ao fabricante do dispositivo o atendimento aos incisos deste artigo.

 Art. 3º A utilização do “quebra-mato” em veículos automotores está condicionada a existência de uma plaqueta indelével no dispositivo, indicando suas características gerais, contendo no mínimo as seguintes informações:
I – identificação do fabricante do “quebra-mato” – razão social e CNPJ;
II – modelo do veículo ao qual se destina;
III – peso para o conjunto “quebra-mato”;
IV – dimensões do “quebra-mato”– largura e altura;
V – referência a esta resolução;
VI – identificação do registro da empresa no INMETRO.


Parágrafo único. Ficam dispensados do atendimento deste artigo, os veículos originalmente equipados com dispositivo “quebra-mato”, bem como aqueles em circulação equipados com dispositivo que atenda os requisitos desta Resolução.

 Art. 4ºApós 365 dias da data de publicação desta Resolução, fica proibida a circulação, nas vias públicas, de veículos automotores equipados com “quebra-mato” que não cumpram com os requisitos desta Resolução.

Parágrafo único.Ficam dispensados do cumprimento desta Resolução:

a) os veículos originalmente equipados com o dispositivo “quebra-mato” que obtiveram o código de Marca / Modelo / Versão até a data de publicação desta Resolução;
b) os veículos utilizados na prestação e manutenção de serviços de utilidade pública;
c) veículos militares;
d) veículos de órgãos de segurança pública.

Art. 5º Os veículos automotores somente poderão ser equipados com o dispositivo do tipo “quebra-mato” produzidos por empresas devidamente registradas no Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial - INMETRO, que estabelecerá, em 180 dias, contados a partir da data de publicação desta Resolução, os requisitos para a concessão do registro mediante regulamentos complementares

 Art. 6ºO não cumprimento do disposto nesta Resolução sujeitará o infrator à aplicação da penalidade e medida administrativa previstas no artigo 230, inciso XII, do Código de Trânsito Brasileiro.

DriverEcoSportClub

#17
 leandro ferreira

avatar
Iniciante
Iniciante
Muito Bem explicado . Rolling Eyes

#18
 Garcia de Moura

avatar
Iniciante
Iniciante
Ok, basta uma breve leitura para vermos que não apenas NÃO É proibido, mas sim, REGULAMENTADO, assim como o ato de dirigir: não é proibido, é regulamentado.

A primeira observação é quanto ao peso bruto do veículo que não pode ultrapassar 3.500 kg. A Ecosport pesa menos.

O art. 2º e seus incisos trata dos veículos que originalmente possuem o acessório.

A questão é para os carros que não possuem de fábrica, como o meu e de vários colegas do fórum.

Neste caso (para os que não possuem o quebra mato de fábrica), deve-se observar que o acessório deve trazer informações sobre o fabricante com razão social e CNPJ, o modelo que servirá,
o peso do conjunto (aqui entendemos o quebra mato com braçadeiras, porcas, parafusos etc), sua largura e altura, a referência da resolução que regulamenta seu uso,
a identificação do registro da empresa fabricante junto ao INMETRO.
Assim cumpridas as exigências, o uso é autorizado por cumprir a previsão legal.
Aí entram outras questões como:
Eu quero?
Eu posso?
Isso me convém?

Aí fica a encargo de cada um, mas poder, pode sim.

#19
 Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum